Voltar à página inicial

Voltar ao menu de Poemas Góticos

Amor de luto


Velo por este amor de luto,
vestida de branco ,mas de coração obscuro
De face rosada e sorriso mudo.

Cubro o meu peito
com uma mortalha de seda,
estampada de lembranças,
cravejada de rosas negras.

Amor de luto...
resguardado na alma,
escondido e absoluto,
envolto de saudades,
carregado de absurdos

Laços de atados nós se desfazem
com o tempo, se transformam em pó
o amor de luto que um dia foi
tudo e hoje é só.

Amparo em minhas mãos este coração
despedaçado
que agora deixo sobre o sepulcro
com teu nome tatuado.

Leni Martins

Envie este poema!  

Voltar ao menu de Poemas Góticos

Voltar a página Inicial

PageRank













 

 





 

Nocopy total

Clique com o botal direito e tecle alguma letra !!

Obs.: Desabilita tecla e mouse.

 


http://www.felipewd.kit.net/