Voltar à página inicial

Voltar ao menu de Poemas Góticos

Castigo


O céu parece cair sobre minha cabeça
E as estrelas são como tochas de fogo acessas
Os medos são meus infernos
Neste meu chão de incertezas.

O chicote da vida me bate,
Machuca-me e invade a mente
Surrando-me sem piedade,
De joelhos e acuada
Gritando pela liberdade.

Anestesiada,
Nas correntes do meu ser,
Como um condenado
Esperando a morte nascer.

Quando a noite espreita minhas angústias
As imagens surgem-me
Recordando minhas lutas,
E as noites tornam-se mais longas
E a minha vida tão curta.


04/10/09
Leni Martins

Leni Martins

Envie este poema!  

Voltar ao menu de Poemas Góticos



Voltar a página Inicial


PageRank












 

 





 

Nocopy total

Clique com o botal direito e tecle alguma letra !!

Obs.: Desabilita tecla e mouse.

 


http://www.felipewd.kit.net/