Voltar à página inicial

Voltar ao menu de Poemas Góticos

Dou-te Minha Face


Dou-te minha face
Deslavada,
Calejada
de tanto me doar,
o silêncio é tapa na cara,
a pior maneira que se tem de esbofetear.

Dou-te minha outra face...
sem vergonha na cara,
de levar pancadas
e ainda continuar.

O pior é que...
Setenta mil vezes sete
eu sei que ainda irei te perdoar.

Leni Martins

 

Envie este poema!


Voltar ao menu de Poemas Góticos

Voltar a página Inicial


PageRank

 

 

 

















 

 





 

Nocopy total

Clique com o botal direito e tecle alguma letra !!

Obs.: Desabilita tecla e mouse.

 


http://www.felipewd.kit.net/