Eu te vejo

Eu te vejo!

Eu te vejo aqui!
Do lado esquerdo do meu peito
Não é preciso te ver com meus olhos
Porque eu te tenho o tempo inteiro,
Dentro do meu espírito...
Vivo e perfeito.

Eu te vejo...
No silêncio que murmura
Palavras mudas
Nas folhas que vagam
Desprendidas das alturas,
Que voam sem destino passeando
Pelas ruas.

Vejo-te nas gotas de chuva
Que molham minhas lembranças
No momento em que caem sobre as petúnias,
No sereno que rega minha saudade
Com gotículas de ternura.

E eu te vejo!
Nos lampejos das estrelas,
Que brilham no infinito,
E beijo todas elas pensando
Em estar beijando teu sorriso.

Vejo-te...
Aqui e agora!
Em cada pensamento que decifro
Em letras que te abraçam
No mais profundo delírio
Nas lágrimas que embaçam meus olhos
Neste poema que eu respiro.

Leni Martins

Envie este poema!

Voltar menu de poesias

Página inicial

PageRank

 

 

 







Nocopy total

Clique com o botal direito e tecle alguma letra !!

Obs.: Desabilita tecla e mouse.

 


http://www.felipewd.kit.net/