Voltar à página inicial

Voltar ao menu de Poemas Góticos

O Caminho do esquecimento


Doce e amargo é o esquecimento
Um caminho de roseiras com espinhos
Onde se caminha em passos lentos.


Longo é o sacrifício!
De quem almeja este sentimento.

Esquecimento!
É como tentar apagar estrelas
Neste imenso firmamento


É lançar aos quatro cantos do vento
A saudade e as recordações
Dos mais belos momentos.

O caminho do esquecimento é longo...
Para os que partem em busca de um alento.


É tormento e solidão,
É fuga sem um limite,
Um deserto em amplidão.

Esquecer é matar ou morrer,
Tentativas inconstantes
Dentro de um ser...


É correr contra o tempo,
É tentar sobreviver.

Esquecimento!
É lutar sem armas
Defender-se em julgamento,
Aprisionar-se sem juízo,
Senti-se indefeso.

O caminho do esquecimento é imenso
Como um oceano,
Naufragar em suas águas
É afogar-se em desencantos.

É esperança que se espera o tempo todo


Um caminho cheio de encruzilhadas,
Uma montanha que se escala até o topo.

Leni Martins

Envie este poema!


Voltar ao menu de Poemas Góticos

Voltar a página Inicial

 

PageRank

 

 

 

















 

 





 

Nocopy total

Clique com o botal direito e tecle alguma letra !!

Obs.: Desabilita tecla e mouse.

 


http://www.felipewd.kit.net/